quarta-feira, 31 de maio de 2017

Bolos do mês #15

E vamos lá aos bolinhos de maio :) este que é mês mais lindo de todos :) chega o calor, tudo floresce, a maior parte das árvores começa a dar frutos... e este é também o 'meu' mês :) por isso lá vos trago o meu bolinho de aniversário :)

Bolo de aniversário para uma senhora que fez anos no dia da mãe :) nada melhor que um vaso de flores como presente :) o bolo era pão-de-ló com recheio de creme de maizena de citrinos. A decoração foi toda feita em pasta de açúcar.

Fiz este pequeno bolinho para a minha no dia da mãe :) o bolo era pão-de-ló com recheio de maizena de citrinos. Não coloquei cobertura e decorei simplesmente com açúcar em pó, raspas de chocolate e flores e folhas de pasta de açúcar.

Fiz este bolo para levar para o trabalho no dia do meu aniversário :) era bolo mármore de bolo de cenoura com bolo de chocolate. Para fazer uma decoração simples usei açúcar em pó e flores feitas em pasta de açúcar. O bolo fez um sucesso tão grande que agora os meus colegas até me pedem para levar mais docinhos  eheheheh 

Este foi o meu bolo de aniversário (para a festa em casa). Era bolo de chocolate sem glúten com recheio e cobertura de mousse de morango. Para a decoração usei morangos cobertos com chocolate e pérolas brancas. Podem obter a receita aqui.

Pronto, e foi isto :) espero que tenham gostado.
Para o mês que vem há mais.

terça-feira, 30 de maio de 2017

Bolo de Chocolate sem Glúten com Recheio e Cobertura de Mousse de Morango


Este foi o meu bolinho de aniversário :) fiz para a festa que fizemos cá por casa :)

Como já aqui escrevi várias vezes, tenho uma amiga que não pode comer trigo, então tive de fazer um bolinho com farinhas diferentes, e de preferência sem glúten, só para ter a certeza que o bolinho não lhe iria fazer mal ;)

Ficou tão giro :) :) :)



A receita do bolo é a minha receita de bolo de chocolate, apenas mudei o tipo de farinhas utilizadas. O recheio foi uma invenção que correu bem :) chamei-lhe mousse de morango (pelos menos é uma mousse à minha maneira eheheheh). Usei também uma calda simples de açúcar para humedecer o bolo, esta calda aprendi num canal que sigo no youtube o How To Cake It :) é um canal muito bom para aprender dicas de decoração de bolos ;) para montar o bolo usei também uma técnica diferente, nova para mim!!!, que vi em vários vídeos de canais youtubers brasileiros... foi uma grande ajuda, de tal forma que acho que vou passar a montar todos os bolos assim :)

Bom vamos lá às receitas:

Calda simples de açúcar (calda de 1:1)
1 chávena de chá de açúcar
1 chávena de chá de água

Coloque os dois ingredientes num tachinho, misture bem para que o açúcar dissolva.
Leve ao lume e depois de começar a ferver, deixe ferver por 1 minutos e retire do lume.
Deixe arrefecer completamente antes de usar para humedecer o bolo.

Bolo de Chocolate sem glúten
4 ovos
2 chávenas de chá de açúcar
1 chávena de chá de óleo
1 chávena de chá de água morna
1,5 chávenas de chá de farinha de milho
1 chávena de chá de amido de milho
1 colher de sopa de fermento em pó

Coloque os ovos na taça da batedeira e bata, numa velocidade média por uns 5 a 10 minutos.
Adicione o açúcar e deixe bater mais uns 5 minutos.
Reduza a velocidade e adicione o óleo.
Adicione as farinhas, o fermento e a água morna. Bata numa velocidade baixa só mesmo para misturar.
Acabe de envolver bem a massa com uma espátula.
Coloque a massa numa forma untada e enfarinhada... ou em duas, que foi o meu caso, pois quis fazer três camadas de bolo (para isso usei formas de 20 cm de diâmetro e pesei a massa que coloquei em cada forma: numa coloquei cerca de 800g de massa e na outra coloquei 400g. Depois de cozido, abri ao meio o bolo maior para poder ficar com três discos de massa)
Levar ao forno a 175 ºC para cozer por uns 40 minutos (verifique se o bolo está cozido através do teste do palito).
Retire do forno e desenforme - cuidado que os bolos sem glúten esfarelam mais que os outros!
Deixe arrefecer completamente.

Recheio e Cobertura de Mousse de Morango
250g de morangos maduros
125g de açúcar
sumo de meio limão
2 pacotes de natas
4 colheres de sopa de açúcar em pó (opcional, usei só porque por cá são todos uns gulosos eheheh)
3 folhas de gelatina

Numa taça coloque os morangos cortados em pedacinhos, adicione o açúcar e o sumo de meio limão.
Misture e deixe repousar por uns 30 minutos.
Esmague ou triture. Eu esmaguei com um esmagador de fazer puré porque queria que ficassem uns pedacinhos de morangos ;)
Reserve.
Numa taça coloque as folhas de gelatina e cubra com água. Deixe repousar por uns 5 minutos.

Montagem do Bolo

Comece por forrar a forma que usou para cozer o bolo com folha de alumínio (usei duas partes de folha de alumínio para ter a certeza que a forma estava bem forrada).
Coloque um disco de massa de bolo no fundo da forma (na verdade estamos a montar o bolo ao contrário, por isso coloque a parte da massa que for mais lisa para baixo), regue com a calda e faça uma camada de recheio.
Coloque outro disco de bolo sobre o recheio, regue com calda e coloque mais outra camada de recheio.
Termine a montagem do bolo com o último disco de bolo e regue com calda - guarde uma parte da mousse para a cobertura do bolo
Feche as folhas de alumínio sobre o bolo e leve ao frigorífico por umas horas (fiz da noite para o outro dia de manhã).
No outro dia, abra bem as folhas de alumínio, coloque o prato de servir o bolo sobre a forma e inverta o bolo. Desenforme, cubra com a mousse de morangos e decore a gosto.
Usei morangos passados pelo chocolate derretido e pérolas brancas :)


Apreciem ;)

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Bifes de Tofu Encebolados


Ora há muito tempo que não vos trazia uma receita para uma 2ª-feira sem carne :)
Estou a tentar voltar às minhas rotinas aqui no blog ;)

Ora bem, faço muitas vezes 'bifes' de tofu... e é engraçado, nunca fui muito fã de tofu, sempre gostei mais do seitan mas de há uns tempos para cá ando a aprender a apreciar o tofu... principalmente se for bem temperado ;) fica bem saboroso ;)


Para temperar este tofu usei sumo de limão e os maravilhosos temperos da Suldouro-Navires:

Entretanto já gastei todo o algo granulado pois já fiz esta receita mais umas duas vezes :)

Bom, vamos mas é à receita:

500g de tofu (compro na Terra Pura a 1,99€)
sumo de 1/2 limão
1 colher de chá de pimentão doce Suldouro-Navires
1 colher de chá de alho granulado Suldouro-Navires
sal qb

Lave bem o tofu, corte em fatias com mais ou menos 1 cm de espessura para fazer os 'bifes'.
Coloque numa travessa e adicione os temperos, espalhe bem por toda a superfície do tofu.
Deixe repousar por 1 hora.

1 cebola
1 folha de louro
azeite qb.

Numa frigideira coloque a cebola cortada em fatias fininhas.
Adicione um fio de azeite e a folha de louro.
Leve ao lume para refogar.
Quando a cebola estiver dourada, adicione o tofu e deixe cozinhar uns 5 minutos de cada lado.
E estão prontos os 'bifes' de tofu encebolados :) pode agora servir com arroz, massa ou uma salada.


Apreciem ;)

domingo, 28 de maio de 2017

Fralda para Bébe - Minion: ponto cruz e croché DIY


Uma amiga teve bébe e, como sempre, gosto de fazer um miminho para oferecer :)
Já nos tínhamos juntado em grupo e comprámos uma série de coisas para oferecer antes mesmo do bébe nascer: coisas básicas e muito necessárias a qualquer bébe recém-nascido.

Optei por fazer uma fralda com decoração em croché (em torno da fralda) e bordada a ponto cruz com um Minion :) porque a recém mamã adora estes amarelinhos :)


Para o bordado do minion segui este gráfico, utilizando linhas de bordar (2 fios) em amarelo, azul, preto e branco:
Fonte: https://bordadopap.blogspot.pt/2014/05/grafico-ponto-cruz-minions.html



Para o croché em torno da fralda segui este vídeo (não fiz igualzinho, mas tirei a ideia daqui):


Espero que tenham gostado da ideia.
Quem recebeu gostou :) e eu adorei fazer este miminho.

sábado, 27 de maio de 2017

Porta Copos DIY em Croché - Frutas


uma amiga está a mudar-se para uma casa nova. Por isso mesmo achei que devia de lhe oferecer algo para a casa... não é a primeira casa dela, logo coisas não lhe faltam... mas eu queria mesmo dar-lhe um miminho para estrear na casa nova :)
Então decidi, depois de algumas pesquisas, fazer umas bases para copos (ou para chávenas), já que é uma coisa que tem sempre utilidade, não empata e ainda serve para decoração. Depois também por terem sido feitas por mim, achei que ela ia gostar... e não me enganei ;)



A ideia para fazer estas bases de copos vi neste sítio: http://crochegrafico.blogspot.pt/2014/06/porta-copos-de-croche-laranjinha.html

Segui a 'receita' para fazer o croché (usei linhas nº 6 e nº 12 em cores que tinha em casa) :

1ª carreira: fazer 6 correntinhas, fechar e fazer 12 pontos altos sobre as correntinhas

2ª carreira: fazer 1 aumento em cada ponto de base, totalizando 24 pontos no final3ª carreira: 1 ponto alto + 1 aumento4ª carreira: 2 pontos altos + 1 aumento5ª carreira: 3 pontos altos + 1 aumento6ª carreira: 4 pontos altos + 1 aumento
Para finalizar, fazer 1 carreira de pontos baixos sem aumentos.



Para fazer as folhinhas verdes segui o vídeo referido na página do link acima e podem ver aqui.
Para fazer o pauzinhos castanho das frutas fiz uma sequência de 10 correntinhas e depois um ponto baixo sobre cada corrente.
Tanto as folhas como os pauzinhos cosi com agulha e linha de costura.

Como achei que só em croché ficavam umas bases muito fininhas, usei uma folha de cortiça (1€ numa loja chinesa) e cortei rodelas para colar o croché (com cola branca - é bem útil porque depois de seca fica transparente). Para fazer as sementes nas meias maçãs usei linha de bordar preta (2 fios).



Gostaram da ideia?
Gostei tanto que voltei a fazer umas bases para outra amiga mas com motivos diferentes :) para a semana mostro a outra ideia ;)

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Bavaroise de Maracujá


E cá estou eu a participar em mais um desafio do grupo de facebook Cantinho das Cozinheiras :)
Este mês o blog sorteado foi O Meu Refúgio Culinário da Mary Soliani, um blog cheio de coisas boas e bem apetitosas...

Até posso confessar que foi, até agora,o blog em que tive mais dificuldade em escolher a receita!!! Vi tantas que gostei que fiquei super indecisa... até guardei um monte de receitas ahahahahah e vou fazê-las um destes dias... mas tive de escolher uma!

E a vencedora foi esta bavaroise de maracujá :) Podem ver a receita original aqui:
http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/2016/11/bavaroise-de-maracuja.html

A única alteração que fiz foi a de ter usado gelatina de sabor a maracujá em vez de frutos tropicais como referia a Mary na sua receita, de resta fiz tudo igualzinho ;) e ainda bem que o fiz porque ficou uma delícia :) cá por casa todos adorámos e os meus amigos também, pois esta foi uma das sobremesas que fiz para o meu almoço de aniversário :)


Esta é uma receita a repetir, de certeza! E talvez até experimentar com outros sabores ;) 


Ficou pouco doce e com uma textura fantástica... muito bom mesmo.

Aqui vai a receita desta maravilha:

1 pacote de gelatina de maracujá (usei da Royal)
500 ml de água para fazer a gelatina
1 pacote de natas bem frescas
1 lata de leite condensado
250 ml de polpa de maracujá (corresponde a meia lata - usei da marca Continente)
4 folhas de gelatina
polpa de maracujá com sementes qb para decorar (opcional)

Comece por preparar a gelatina:
Leve 250 ml de água ao lume, quando começar a ferver adicione o conteúdo de uma saqueta de gelatina de maracujá. Mexa bem para que toda a gelatina dissolva, retire do lume e adicione os outros 250 ml de água (de preferência bem fresca), misture e deixe arrefecer completamente (não leve ao frio, deixe mesmo na bancada para arrefecer).

Coe a polpa de maracujá até obter 250 ml de líquido (é cerca de meia lata - pode deixar ficar as sementes do maracujá se preferir). Reserve.

Numa taça coloque as folhas de gelatina partidas ao meio e cubra com um pouco de água para demolharem. Deixe repousar por uns 5 minutos, escorra toda a água e reserve a gelatina.

Na taça da batedeira coloque as natas e bata até ficarem firmes (como se fosse para chantilly).
Reduza a velocidade da batedeira e adicione o leite condensado, deixe misturar bem.
Adicione um pouco da polpa de maracujá à taça da gelatina (2 a 3 colheres de sopa) e leve ao microondas por uns 10 a 15 segundos para derreter (ou pode fazê-lo ao lume se preferir).
Coloque a batedeira na velocidade mais baixa e adicione a gelatina derretida e deixe misturar bem.
Adicione a restante polpa de maracujá e deixe misturar bem.
Envolva tudo bem com uma espátula (raspando as paredes da taça) e verta o preparado para uma taça ou forma - se preferir desenformar, use uma forma em que este processo seja fácil de fazer ;) usei uma forma da Tupperware.
Leve ao frigorífico por umas 4 a 8 horas (fiz de um dia para o outro).
Se pretender desenformar, mergulhe a forma num pouco de água quente e depois inverta para um prato de servir e espalhe polpa de maracujá (com sementes) a gosto por cima.
Se não pretender desenformar, espalhe polpa de maracujá sobre a sobremesa na taça de levar à mesa e sirva assim.
Sirva bem fresco.


Apreciem ;)

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Bolo de Leite Creme


Mais um belo bolinho :) e este foi cozido no forno de lenha... huummmmm, ficou muito saboroso :)

A receita foi-me dada pela minha mãe e achei-a bem interessante pois é feita com leite creme daquele de pacotes... tipo os pudins. Ao início achei estranho, mas depois de experimentar fiquei rendida... sabe tão bem! Aliás, quando o bolo estava a cozer, sempre que o íamos ver ao forno, era um cheirinho que nem imaginam...

Nesta receita diz para usar como medidas um copo. Usei um copo de Nutella eheheheh daqueles mais pequenos e cuja capacidade é de cerca de 2,5 dl:


Sem mais demoras, que já estou a salivar (e espero que vocês também), aqui vai a receita do bolo:

1 saqueta de leite creme (usei da marca Continente)
3 copos de farinha com fermento
3 copos de açúcar
1 copo de óleo
1 copo de leite morno
4 ovos
1 colher de chá de fermento em pó

Separar as gemas das claras.
Reservar as gemas e bater as claras em castelo. Reserve as claras.
Na taça da batedeira coloque as gemas e o açúcar e bata até obter um creme esbranquiçado e fofo.
Adicione o óleo e deixe misturar bem.
Dissolva o leite creme no leite morno e misture à massa anterior.
Adicione a farinha com o fermento e envolva bem com uma espátula.
Envolva as claras em castelo cuidadosamente na massa.
Coloque a massa numa forma untada e enfarinhada, leve ao forno a 175 ºC por 40/45 minutos ou até o bolo estar cozido (faça o teste do palito para ter a certeza).
Desenforme e devore :)


Apreciem ;)

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Pão de Alho e Queijo (tipo pizza)


Bom dia :)

Pois é, ando super gulosa e só me apetecem coisas menos saudáveis :( mas sabem tão bem ahahahahah

Então um destes dias apeteceu-me um pão de alho com queijo, do tipo daqueles de pizzaria... então pus mão à obra e lá fiz uma bela massa com a ajuda da Bimby.
Para me ajudar, e porque nunca tinha feito um pão deste tipo, fiz uma pesquisa rápida só para saber como fazer a cobertura de alho... acabei por descobrir que é bem simples!!!
A ajuda veio deste sítio: http://mimosdefarinha.blogspot.pt/2011/09/pao-dalho.html

Para o queijo ralado usado nesta receita usei queijo flamengo que tinha no frigorífico e já estava por lá esquecido... resultado: estava bem rijo e não tinha muita utilidade! Então, como o meu ralador da Borner transformei-o em queijo ralado e não houve desperdícios... e ficou igual ao de compra:


Bom, agora vamos lá à receita que fiz... sendo que fiz a massa de pizza Bimby (receita do livro base), mas quem não tem Bimby faz a mesma receita mas amassa à mão:

Massa de pizza  (para 2 pães de alho)
200g de água
50g de azeite
1 colher de chá de sal
400g de farinha sem fermento
5g de levedura seca (ou 10g de fermento de padeiro fresco)

Coloque a água, azeite e sal no copo da Bimby e programe 1 minuto, 37 ºC na velocidade 2.
Adicione a farinha e a levedura e programe 2 minutos na velocidade espiga.
Retire a massa do copo e coloque numa taça, tape com um pano e deixe levedar num local quente por 1 a 2 horas.

Massa de alho e queijo (também para 2 pães de alho)
4 dentes de alho
2 colheres e sopa de azeite
orégãos secos a gosto
queijo ralado a gosto

Comece por descascar os alhos, coloque num almofariz e esmague até transformar em pasta.
Adicione o azeite e misture bem.
Estenda a massa de pizza (numa superfície enfarinhada, usando as mãos - foi o meu caso - ou o rolo da massa) de forma a ficar redonda,como se fosse uma pizza.
Espalhe o creme de alho e azeite pela massa e polvilhe com os orégãos secos.
Leve ao forno a 175 ºC para cozer.
Assim que começar a ficar tostado por cima, polvilhe com o queijo ralado e leve de novo ao forno só para que este derreta.
Sirva ainda quente ;)


Apreciem ;)

terça-feira, 16 de maio de 2017

Bolachas de Limão


Estas bolachinhas são viciantes... mesmo!!! É impossível comer só uma!!!
Também sou suspeita, adoro limão em tudo ;)
Decidi fazer estas bolachinhas porque a minha latinha de biscoitos estava vazia, e também porque gosto sempre de ter umas coisitas destas em casa... ai a gula!

A receita vi num blog, achei simples de fazer e ainda bem que experimentei ;) podem ver a receita original aqui: http://docetentacaodalili.blogspot.pt/2014/03/bolachas-de-limao.html

A receita que partilho é a mesma que está no original, não a mudei porque acho que funciona lindamente... talvez se possa cortar um pouco no açúcar...

Aqui vai a receita (atenção que rende muitas bolachas, por isso faço quase sempre metade da receita usando um ovo de tamanho pequeno):

raspa de 2 limões
250g de margarina amolecida
200g de açúcar
1 ovo
400g de farinha sem fermento
1 colher de chá de fermento em pó

Numa taça colocar todos os ingredientes, misturar com as mãos até obter uma massa homogénea e que não cole às mãos.
Deixar a massa repousar por 1 hora no frigorífico (para que a massa fique mais rija e seja fácil de estender).
Estenda a massa numa superfície enfarinhada e com a ajuda de uma rolo. Corte as bolachinhas nos formatos que gostar (usei cortantes de flor e borboleta) e coloque num tabuleiro polvilhado com farinha.
Leve ao forno para cozer a 175 ºC por 15 minutos (ou até achar que estão cozidas ao vosso gosto - cuidado é para não deixar queimar, que é coisa que acontece com muita facilidades com as bolachas!).
Depois é só devorar :) podem guardar numa lata ou frasco que feche bem mas só depois de frias.


Apreciem ;)

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Bolo de Côco


Hoje é um dia muito especial para mim :) é o 'meu dia' :)
É mesmo caso para dizer: parabéns para mim... mas o bolo é para vocês :)

Vamos lá falar deste bolo (e que bolo!): vi a receita num canal que sigo, o Vai Comer o quê? - por Francielle Nogueira, sigam o canal pois tem mesmo muitas receitas de fazer água na boca ;) Podem ver o vídeo da receita do bolo aqui ou a receita original no blog aqui. Tanto no canal como no blog encontram este bolo mas com cobertura... não fiz a cobertura! Apenas polvilhei com açúcar em pó e decorei com corações de pasta de açúcar :)

Devo dizer que este bolo é tão, mas tão bom!
Fiz para experimentar e depois disso já me pediram (imploraram!) para o voltar a fazer :) e acho que não vai ficar por aqui eheheheheh

Vamos lá à receita deste bolo maravilhoso:

280g de farinha com fermento
170g de margarina à temperatura ambiente
375g de açúcar
3 ovos
250ml de leite e côco (receita)
125g de côco ralado
1 colher de chá de essência de baunilha (receita)
1 colher de chá de fermento em pó
açúcar em pó qb
corações em pasta de açúcar para decorar

Separe as claras das gemas. Reserve as gemas.
Coloque as claras na taça da batedeira e bata até estarem em castelo. Reserve.
Numa taça coloque a margarina e o açúcar e bata por 5 minutos, até obter um creme fofo.
Adicione a gemas, uma a uma, e deixe bater por 1 minuto.
Adicione a baunilha e o côco ralado e misture.
Junte a farinha, o fermento e o leite de côco e misture bem.
Envolva as claras em castelo cuidadosamente.
Coloque a massa numa forma untada e enfarinhada e leve ao forno, a 175 ºC por 40 minutos (faça sempre o teste do palito para ver se o bolo está cozido).
Desenforme e deixe arrefecer.
Polvilhe com açúcar em pó e decore a gosto.

Apreciem ;)
Espero que tenham gostado da ideia e que façam aí por casa ;)
PS: desculpem não ter uma foto da fatia para vos mostrar... mas não fui a tempo!!!

sábado, 13 de maio de 2017

Produtos do mês #8

Aqui vos trago algumas compras que ainda fiz no mês de abril, mas que não podia deixar de vos mostrar:


Fui num destes dias à Terra Pura e por lá comprei o tofu e a TapiocaFit (em breve falo mais desta tapioca e as outras que experimentei); depois no Jumbo comprei uns iogurtes biológicos a metade do preço (estavam em aproximação do fim do prazo de validade) e umas barritas da Prozis a 1€ cada uma!
E tenho mesmo de destacar estas barritas!!! São uma delícia e ótimas para uma refeição rápida antes de um treino (neste caso, foi antes da dança). Quando voltar a ir ao Jumbo hei-de comprar mais barritas noutros sabores. Estas da foto eram de cookies e de caracóis de canela... muito boas!!!


Para os mais curiosos nestes coisas, aqui vos deixo os rótulos (espero que consigam ler!).



A foto que se segue é uma compilação de produtos (as barritas em repetido!) de dois sítios:


No algartalhos comprei as sementes de papoila (são super caras nos outros sítios e neste mini-mercado são bem em conta - se não me engano sãos a 0,69€ a embalagem) e as pipas com sal que são uma perdição e que devora até ficar com os lábios a arder!!!
Depois no modelo-continente comprei a fruta desidratada da Fruut, que não me vou alongar a falar muito pois, como já disse noutras publicações, são as minhas preferidas :) e a novidade:


O côco tostado ao natural da Bio Origens... é uma delícia!!! E ainda por cima estava em promoção, a 0,69€ (em vez de 0,99€). Fiquei fã e vou voltar a comprar, com ou sem promoção ;)

Ainda no modelo-continente comprei estes produtos para a casa e para levar para o trabalho, tudo em promoção e são da marca Kasa:

Todos os produtos estavam com 50% de desconto! Paguei 1,50€ pelas espátulas, 3€ pela marmita e 7€ pelo saco térmico (que é bem grandinho e resistente!).
 As espátulas achei o máximo (e ainda havia umas com smiles com corações nos olhinhos - havia no folheto mas não no local!) e a mais pequena é super prática para raspar bem os copos de iogurte e os frascos:

A marmita para levar para o trabalho, é bem prática, dá para levar a comida e a salada (tem dois andares) e ainda traz os talheres: